É natural, mas tenha cautela • Quinoa

O tema de hoje da nossa série “É natural, mas tenha cautela” – inspirada na matéria feita pela revista Marie Claire Americana – é a Quinoa, um cereal nativo do Peru que virou tendência nas dietas no mundo todo.

Quinoa

A semente é daquelas que a maioria das pessoas estão incluído em sua alimentação. Isso porque ela é vegan, livre de glúten, uma cadeia completa de aminoácidos e uma fonte de proteínas, fibras e carboidrato de baixo índice glicêmico. Foi considerada pela Food and Agriculture Organization (FAO) e pela Academia de Ciências dos Estados Unidos, o melhor e mais completo alimento de origem vegetal.

Além de ser eficaz para perda de peso, ele contribui para o ganho de massa muscular, para a redução do colesterol, prevenção de doenças cardiovasculares, melhora no sistema imunológico, na memória e a cada hora surge um estudo novo sobre os benefícios deste alimento. Não tem contraindicação e pode ser consumida por crianças, adultos, idosos, diabéticos, pessoas com colesterol alto, grávidas e pessoas com tolerância ao glúten. Por que será então que precisamos comer com cautela?

A cautela no caso é sobre lavar muito bem as sementes. Embora a maioria da quinoa embalada já ter sido limpa, você precisa lavá-la várias vezes com água, pois elas são revestidas com saponina, um produto químico que as protege contra insetos, pássaros e o sol no processo de plantação até a colheita. O consumo desta substância pode causar desconforto e danificar o revestimento do estômago.

Dica: Coloque as sementes em uma peneira e lave-as bem até que não apareçam bolhas na água parecidas com as de sabão.

Sem mais! Agora que você já sabe, é só consumir a Quinoa conforme sua preferência!

é-natural-mas-tenha-cautela-quinoa

Foto: Flickr - Letizia Lorenzet