Lanche dos Filhos

O lanche escolar é uma refeição intermediária, que serve para dar energia às crianças entre duas refeições principais (café da manhã e almoço). O ideal é que ele contenha uma porção de carboidratos para fornecer energia; uma porção de lácteos que têm proteínas; uma porção de frutas ou legumes, responsáveis pelas vitaminas, fibras e minerais; e uma bebida, para hidratação.

Gosto de cuidar pessoalmente e faço questão de planejar os lanches dos meus filhos (escola, clube, inglês… São muitos lanches por dia!) para garantir que tenham opções saudáveis para quebrar o jejum e manter o organismo acelerado. Criança que não se alimenta bem não tem bom rendimento nos estudos e nos esportes! A mente tem que estar ativa e para isso é necessário combustível!

Como monto o lanche para meus filhos:

1) coloco sempre um sanduíche com queijo branco e peito de Peru;
2) uma fruta;
3) um suco ou leite.
Para não enjoarem vou mudando o tipo de pão e incluo geléias, baby carrots, iogurte (ao invés do queijo no sanduíche) e cookies.

Individualidade e preferências
Uma vez por semana vamos juntos ao supermercado para escolhermos novidades e sempre pergunto sobre a preferência de cada um. Isso é muito importante, pois além de incluir eles na escolha dos alimentos e aproveitar o momento para que eles aprendam um pouco mais sobre o que comem, nós pais, devemos sempre tentar ensinar, mas também respeitar os gostos pessoais.
É importante uma coerência também, os pais devem ser o espelho e dar exemplos de alimentação sadia para os filhos – principalmente quando estamos falando dessa alimentação intermediária, destes lanches entre as refeições principais, que é onde geralmente “cabem” muitos dos alimentos sem nenhum valor nutricional. Fique de olho no exemplo que está oferecendo a seus filhos!

bia manhas dicas filhos lanche