Beleza • Tendência Natural

Assim como na alimentação, uma tendência da indústria de cosméticos e maquiagens é o uso e a pesquisa de ingredientes cada vez mais naturais, menos processados de produção sustentável ou biodegradáveis.

O assunto é tema de estudo da jornalista Mirella Mentone, repórter de beleza do portal Chic, e deve virar um curso em 2015. Um dos aspectos mais importantes quando falamos sobre esse tema é entender os principais segmentos dessa tendência e saber a diferença entre produtos naturais, orgânicos e cruelty-free. Conversamos com a Mirella e esclarecemos algumas dúvidas:

1 – Em poucas palavras, qual seria a diferença de produtos naturais, orgânicos e cruelty-free?

Existem alguns critérios para determinar essas categorias. Para ser considerado natural, o cosmético deve ter pelo menos 95% dos ingredientes de origem natural. Os produtos orgânicos seguem o mesmo critério do natural, mas além dele, também devem ser produzidos, por exemplo, com vegetais orgânicos, ou seja, sem agrotóxicos.

Cruelty-free, ou “livre de crueldade”, significa que não é testado em animais. O termo só é aceito se todos os ingredientes usados na fórmula e o produto final não realizarem testes em animais.

2- Por que você acha que essas categorias estão se tornando mais populares?

Acredito que as pessoas estão cada vez mais preocupadas com o bem estar e com atitudes que respeitem o meio ambiente. Além do que, o mercado de beleza cresceu consideravelmente nos últimos anos no Brasil e passou a oferecer mais alternativas voltadas para este público. A polêmica envolvendo o Instituto Royal também chamou a atenção para os testes em animais e  fez com quem muitas marcas buscassem outras alternativas de testes para serem aceitas pelo consumidor, que está cada vez mais exigente e se informa sobre o que está usando.

3 – Hoje em dia é possível ter um ritual de beleza completo – do banho a maquiagem, totalmente encaixado em alguma dessas categorias?

O mercado de cosméticos naturais, orgânicos e que não usam ingredientes testados em animais ainda é pouco abrangente no Brasil em relação a outros países. Existem sim, algumas alternativas, como a Granado, que conta com produtos biodegradáveis e 100% naturais, ou a Lush, marca inglesa que chegou ao país este ano e conta com uma linha completa de banho e alguns produtos de maquiagem feita com produtos naturais e cruelty-free. Além delas, a marca brasileira Tracta e a alemã Alva contam com uma linha de maquiagens feitas com ingredientes naturais e alguns desses produtos contam com proteção solar. Filtros solares para o corpo podem ser encontrados em sites internacionais que entregam no Brasil, como o iherb, que é voltado para o mercado de produtos naturais e orgânicos.

curso