Esquenta Jogos Olímpicos • Holanda e seu legado social para o Rio

Faltam 113 dias para o começo dos Jogos Olímpicos aqui no Brasil. E o assunto começa a borbulhar pelos sites de notícias. Além de polêmicas sobre obras e atrasos, tem notícia boa também! Numa matéria do Correio do Brasil a notícia foi sobre o legado social e o Comitê Olímpico Holandês. No começo da semana, membros do Comitê Olímpico holandês estiveram no Rio de Janeiro para comemorar o sucesso da parceria e o legado social entre o Comitê Olímpico Holandês a Secretária Municipal de educação. Abro aspas para a reportagem do jornal:

“Nos últimos três anos foram realizados em torno de 20 oficinas com atletas olímpicos e paraolímpicos holandeses em escolas municipais, as Geo-Escolas (Ginásio Experimental Olímpico) com unidades em Santa Teresa, Caju, Ilha do Governador e Pedra de Guaratiba. Esse trabalho tem como objetivo melhorar a qualidade dos esportes oferecidos e envolver alunos, professores e funcionários das escolas nas atividades propostas. Há uma troca de sonhos, valores, desenvolvimento pessoal, superação e sobre valores olímpicos. As últimas oficinas serão ministradas pela ex-nadadora profissional e medalhista olímpico, Hinkelin Schreuder.

Na Holanda é feito um trabalho em parceria com NOCNSF onde as organizações esportivas, as empresas e as universidades possam se desenvolver com os Topsports. A ideia é conectar o potencial do esporte na sociedade com as áreas de saúde publica e educação. No Rio de Janeiro o Consulado holandês organizou uma série de missões e seminários para compartilhar conhecimento e práticas. O objetivo é expandir a parceria e trazer sempre a inovação para todos. Em março passado aconteceu um seminário em parceria com a FAPERJ sobre “Esportes e Inovação” com a presença de cientistas e professores do Brasil e Holanda. A proposta era investigar e aplicar o esporte na rotina de todos e assim possibilitar uma vida mais saudável.

Durante o mês de agosto, período dos jogos, será aberta uma casa de hospitalidade durante os jogos olímpicos apostando na parceria publica/privado, juntamente com a NOCNSF. O consulado oferecerá os serviços consulares na Holland Heineken House, no bairro da Lagoa, Zona Sul da cidade.”

E será a maior delegação holandesa já presente em jogos olímpico e paraolímpicos, cerca de 200 componentes!

Nos últimos três anos foram realizados em torno de 20 oficinas com atletas olímpicos e paraolímpicos holandeses em escolas municipais, as Geo-Escolas (Ginásio Experimental Olímpico) com unidades em Santa Teresa, Caju, Ilha do Governador e Pedra de Guaratiba. Esse trabalho tem como objetivo melhorar a qualidade dos esportes oferecidos e envolver alunos, professores e funcionários das escolas nas atividades propostas. Há uma troca de sonhos, valores, desenvolvimento pessoal, superação e sobre valores olímpicos. As últimas oficinas serão ministradas pela ex-nadadora profissional e medalhista olímpico, Hinkelin Schreuder.

Via www.correiodobrasil.com.br/o-esporte-e-a-saude-valem-ouro

Imagens: teamnl.org / www.nocnsf.nl