Hora de treinar • De manhã, tarde ou noite

Cada período do dia oferece ao corpo resultados diferentes ao praticarmos atividades físicas. Em entrevista à Vogue norte americana, o treinador Paul Vincent, co-fundador da Altus Sports Institute, e Nonna Gleyzer, especialista em Pilates, ressaltaram os pontos positivos de cada momento. A matéria deixa claro também algo muito importante – é claro que quase ninguém consegue manter em todos os períodos uma hora dedicada à atividades físicas, mas ambos afirmaram na entrevista que é sempre válido, encaixar um pouco de exercício na sua rotina, mas fazendo isso de uma forma esperta, tirando vantagem do que a ciência já comprovou.

Manhã • De manhã academia, jogging e uma aula de ballet, por exemplo. Bom para começar o dia, despertar sem precisar tomar muito café, por exemplo. Sempre tomando o cuidado de despertar seus músculos com calma, alongando pouco e aos poucos. Mas sempre preparar o corpo antes de qualquer prática.

Tarde • Para o período vespertino, há alguns estudos apontados na matéria que relacionam a prática de exercícios no meio do dia com uma melhor regulação do ritmo circadiano, do metabolismo e do seu equilíbrio. Para trabalhos que objetivam a redução de peso, esse horário é também apontado como eficiente.

Noite • Evitar aulas muito ativas, ou corridas de longa distância é ideal para quem precisa relaxar e não ficar mais enérgico. Pilates, yoga, tênis ou squash, e ainda a natação podem ser boas opções. Caminhadas noturnas podem ser poderosas ferramentas de controle do stress e da depressão.

dica-fitness-hora-treino

foto: Vogue US